terça-feira, 24 de setembro de 2013

#Adolescência do bebe, alguém ai já ouviu falar?

-
Oláa', quanto tempo heein tudo muito parado mais não é por falta de informações não , é por falta de TEMPO e pouquinho de preguiça também hihii^^ Logo mais em NOVEMBRO minha Diva completa seus 2 anos e não falta muito não * Pois bem , de uns tempos pra cá venho notado mais afundo o comportamento da minha Dandara que cada dia se encontra mais esperta,mais cheia de novidades e descobertas por outro lado noto que ela anda MUITO saidinha ou sendo mais clara muito''adulta'' é quando muita gente me pergunta se eu errei nas contas , por que nossa ELA NÃO ESQUECE nada nadinha de nada , esta super ELÉTRICA energia a mil por hora[ Graças a Deus] mais tem hora que me cansa kkk , cheia de chiliques e vontades [ uma autonomia ] fora de sere diz a mim MÃE assistir A MINNEI, MÃE NÃO quero isso, e por ai vai... Foi dai que resolvi pesquisar , entender essa fase DE ADOLESCÊNCIA kkk precoce digamos assim , E ENCONTREI ALGUNS tópicos descrevem bem alguns momentos dela atualmente' & vamos lá ao resultado da pesquisa*

O seu bebê era um verdadeiro anjinho, mas está chegando perto dos 2 anos e parece estar agitado PRA VALER? Acredite: você não é a única que passa por isso

O fenômeno é comum e tem até nome: adolescência do bebê. É quando a criança se dá conta de que é um indivíduo e luta para conquistar o seu espaço – gritando, batendo nos outros ou se jogando no chão. Cabe aos pais ter muita calma, paciência e ensinar que esse comportamento não leva a nada. Em outras palavras, estabelecer limites. 
1. O que é a chamada “adolescência do bebê”?

A adolescência do bebê, primeira adolescência ou os “terrible twos” – terríveis dois anos, em inglês –, como citado na literatura, é a fase em que a criança passa a se comportar de modo opositivo às solicitações dos pais. De repente, a criança que outrora era tida como obediente e tranquila passa a berrar e espernear diante de qualquer contrariedade. Bate, debate-se, atira o que estiver à mão e choraminga cada vez que solicita algo. Diz não para tudo, resiste em seguir qualquer orientação, a aceitar com tranquilidade as decisões dos pais, para trocar uma roupa, sair de um local ou guardar um brinquedo. Para completar, não atende aos pedidos e parece ser sempre do contra.

2. Esse comportamento é comum em qual idade?

Normalmente, acontece a partir de 1 ano e meio até os 3 anos de idade.

3. Existe alguma causa?

A causa para esse período é simplesmente o próprio desenvolvimento natural da criança. A fase dos 2 anos de idade é um período de grandes mudanças para ela. Até então, o pequeno seguia os modelos e as decisões dos pais. Gradualmente, ele passa a se perceber como indivíduo, com desejos e opiniões próprias, e isso gera uma enorme necessidade de tomar decisões e fazer escolhas por si. Sem dúvida, isso acaba gerando uma grande resistência em seguir os pedidos dos pais. Não é exatamente uma ação consciente da criança, mas uma tentativa de atender a esse desejo interior, a essa descoberta de si como um ser independente dos pais. No entanto, ao mesmo tempo em que ela quer tomar suas decisões, ainda tem muitas dificuldades para fazê-lo, dado que ainda não tem maturidade suficiente. Ela discorda até dela mesma! Se você pergunta o que ela quer comer, naturalmente ela responderá: “Macarrão”. Mas, quando você chega com o prato de comida, ela diz: “Eu não quero isso!” Suponha que você está com pressa para ir a algum lugar. Seu filho está de ótimo humor até você dizer: “Preciso que você entre no carro agora”. Ele fará tudo, menos atender à sua solicitação. É uma fase difícil para os pais e também para as crianças. É uma experiência intensa emocionalmente e repleta de conflitos, pois, ao mesmo tempo em que a criança busca essa identidade, ela não quer desagradar seus pais – por mais que isso não pareça possível.

4. Existe alguma maneira de evitar que o bebê passe por isso?

Não há a necessidade de tentar evitar esse período e nem há como fazê-lo. O importante é conhecer e lidar de modo construtivo com essa fase dos pequenos.

5. Todas as crianças passam por isso?

Não é uma regra. Algumas crianças demonstram essas características mais intensamente do que outras.

6. Como agir quando a criança se joga no chão e grita em um lugar público, como o supermercado e o shopping?

Primeiramente, descarte palmadas, tapas, puxões de orelha ou qualquer outro comportamento agressivo para tentar conter uma birra. Antes de sair, converse com o seu filho e o contextualize sobre o passeio. Se for supermercado, por exemplo, diga como espera que ele aja, o que ele poderá pegar para si etc. Se forem a um restaurante, faça o mesmo, explique aonde vão, como espera que a criança se comporte e as consequências para o seu mau comportamento. Jamais ceda às manipulações, como choros, pedidos de ajuda e reclamação de possíveis desconfortos. Avise-o de que só vai conversar depois que ele se acalmar. Opte por disciplinar a criança após a birra, que é o momento em que ela está colocando para fora sua frustração e seu descontentamento. Após ela parar de fazer a birra, você se abaixa para conversar. É sempre muito importante que a criança compreenda o que fez e o porquê de sua ação. Evite dar broncas e repreender seu filho na frente de outras pessoas para que ele não se sinta constrangido e você também. Uma dica bacana para mudar o foco da birra é chamar a atenção da criança para outra situação. Mostre um objeto ou comece a falar de outro assunto. Ignorar a birra costuma dar ótimos resultados. Em lugares públicos, se a birra persistir e você estiver se sentindo constrangida, tire o seu filho do ambiente sem demonstrar irritação e sem conversar. Sua atitude mostrará desaprovação.

7. O que fazer quando o pequeno bate nas pessoas quando é contrariado?

Esse “bater” normalmente é a expressão do seu descontentamento, o que, no caso, não é aceitável. É importante ressaltar que as crianças, assim como nós, adultos, também ficam bravas, tristes, frustradas e chateadas – isso é natural do ser humano. Ao longo da vida, ela vai se deparar com diversas situações que despertarão esses sentimentos nelas e a infância é a melhor fase para aprender a lidar com esses sentimentos inevitáveis. Assim, se quiserem contribuir de modo positivo com o desenvolvimento emocional e psicológico dos pequenos, os pais devem parar de tentar poupá-los de situações frustrantes e passar a explicar esses sentimentos, apontando caminhos para que consigam lidar com eles. A criança não nasce sabendo a lidar com seus sentimentos, ela testa suas ações e vai construindo seus modos de agir.Quando ela bate em alguém, imediatamente deve ser contida e, em seguida, os pais devem abaixar-se na altura da criança, olhar fixo em seus olhos e com voz firme conversar que entendem que o pequeno esteja bravo, mas que sua atitude é inaceitável. Explique que, se aquilo voltar a acontecer, haverá consequências negativas para ela, citando quais serão. Lembre-se de que essas consequências deverão ser algo possível de ser feito porque, se a criança repetir o comportamento desaprovado, você deverá cumprir o que falou.

8. E quando a criança bate com a cabeça na parede ou faz coisas para se machucar porque ouviu um “não”?

Em geral, as crianças recorrem a esse tipo de autoagressão como mais uma tentativa de conseguir a atenção dos adultos e, quase sempre, conseguem porque descobrem que esse comportamento provoca comoção nos pais. Por mais que possa preocupar, os pais devem manter a ideia de que “sem plateia não há show”. O ideal é conter a ação da criança sem dar atenção ou demonstrar comoção pela atitude. Você pode, por exemplo, colocar um travesseiro ou uma almofada embaixo da cabeça dele e sair de perto, ou tire o pequeno do local onde está sem conversar e coloque-o em um ambiente mais seguro. Sem conseguir chamar sua atenção com a autoagressão, a criança vai buscar outras possibilidades, como apagar e acender a luz, ligar e desligar equipamentos eletrônicos etc. Só fique atenta para a possibilidade de esse comportamento estar refletindo algum problema emocional, que, aí sim, merece a atenção dos pais. Se a criança começar a apresentar comportamentos autodestrutivos, como se arranhar, bater em sua cabeça e puxar os cabelos, frequentemente em situações cotidianas, vale a pena consultar um especialista porque isso pode indicar uma tentativa da criança de evitar o contato com algo que esteja lhe causando angústia.

Bem gente : [ Esse trecho que eu grifei de vermelho, foi bem o que passei por alguns dias e de vez em quando acontece Dandara anda com a mão muito doce pra bater nas pessoas, ' não vou negar que tem horas que da vontade de dar umas boas palmadas, mais como sei que não surte muito efeito comecei a coloca-la de castigo sentadinha assistindo TV e nossa o efeito é maravilhoso até DESCULPA ela pede e me chama pra vim assistir junto com ela , ai vem com um belo sorriso no rosto como se nada tivesse acontecido' \õ/
No decorre dessa semana vou tenar me ATUALIZAR mais por aqui , tenho videos e fotos novas da minha Princesa* Por hoje é so espero que tenham gostado do Post de hoje^^ 




sexta-feira, 9 de agosto de 2013

'Resumo das Férias ...

-
Xi gente , as FÉRIAS da mamãe aqui acabou T.T nossa ja estava até meia que acostumada a acordar alguns dias tarde :D Mias voltar ao trabalho também é bom né contas chegando kkk'

Pois bem vim postar um poucos dias de diversão aqui ^^ Espero que curtam*
 Curtindo a Mamy em casa e um Pouquinho da Fazendinha do Plaza*











Agora vamos curtir as fotos Conhecendo o Zoológico , e Mamãe de novo visual eheheh ^^
Deixar contar so um pouco de como foi esse dia , nossa nunca vi essa Princesa tão animada logo que chegamos estávamos dormindo , kk mais depois que catuquei bem muito ela se espertou GENTE do céu , a Garota ficou elétrica querendo ver saber e pegar em tudo que isso Mamãe que isso Papai , que isso Titia ? teve horas que eu ficava pasma com tantos que isso ? quanta curiosidade mais foi super gostoso um domingão em família que a tempos não fazíamos isso *:D

Vamos a mais FOTOS*

Arrancaram suspiros ^^


Centro de todas as ATENÇÕES*



Pausa[esse trechinho foi muito engraçado pois Princesa totalmente encantada com o Leão vibração total - Leão Mamy , Leão Papai olha é lindo uauuuuuu[ tem video , vou tentar posta-lo aqui^]
Olha Mmay o Gatinho como é lindo , quer brincar Mamy[Nem em sonho né Gente ta brincando kk] ... Continuando as ultimas fotos do Zoo...


 Mamy
Titia

Mainho♥








Saindo do Zoo* Pulando dia Na praia com Mamãe , Titia e Amiguinha Bia* Eita que dia foi bem legal pois tínhamos combinado de ir em um dia [só que choveu e não deu pra ir] resolvemos adiar dia seguinte fomos de ultima hora , NOSSA como a Pequena curtiu correu pulo , brincou de ficar de bico roxo kkk'' seguem as fotos^^



NOSSO MOMENTO não tem um dia que não diga que te amo TUDO É MAGICO AO SEU LADO minha vida♥

 Fim do Dia , e elas não queria mais nada so fotos e sono total kk'
De volta pra casa : Banho de Piscina com Mamy



Minha METADE \o/

Por fim , ultimo dia de fato de mamãe em casa terminou em Pizza hahah *
Espero que tenha curtido as Fotos*-*
 Sheiro Grande:*

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

BC : Leite , amor e vida ♥



No dia primeiro de agosto comemora-se o dia mundial da amamentação.
A data foi criada a fim de promover o exercício da amamentação natural, com o objetivo de combater a desnutrição infantil, além de possibilitar a criação de bancos de leite para crianças que não têm condições de serem amamentadas por suas mães.O leite é um dos principais alimentos para nutrir o organismo humano e por isso, toda criança, ao nascer, deve ser amamentada.Além dos laços afetivos com a mãe, a amamentação é necessária, pois é a forma da criança receber cálcio, fósforo e ferro, além de outros nutrientes importantes para que tenha um crescimento saudável, como as vitaminas. Garante a boa formação óssea, que vai do nascimento até os trinta e cinco anos de idade.Os bebês devem ser amamentados até por volta dos dois anos de idade, para garantir sua saúde e imunizar contra doenças respiratórias e diarreicas, além das doenças crônicas, problemas cardiovasculares, diabetes, hipertensão e osteoporose.Já se comprovou, cientificamente, que crianças que são amamentadas por suas mães, têm um desenvolvimento melhor, além do nível de inteligência ficar mais elevado. Isso em razão das trocas afetivas que acontecem durante o ato de amamentar.A importância do colo, do aconchego materno, que traduz a proteção e o amor, faz com que o trauma de sair de dentro da barriga de sua mãe seja menor, pois lá a criança estava quentinha e bem alimentada.

TUDO SOBRE LEITE MATERNO*  [É SO CLICAR]
Benefícios da Amamentação* [ Basta Clicar se quiser saber mais]

Bem já falei um pouco desse dia tão IMPORTANTE * 

Agora vou relatar um pouco da minha experiência ^

Assim que descobri que estava gravida um pouco tarde , fui começar a fazer os exames de rotina da gestante , daí foi que ja começam as ENORMES DUVIDAS DE COMO SERIA  as coisas , e em primeira questão vem a parte da amamentação de inicio questionei é obrigatório eu dar de mamar?[ ixii que feio da minha parte ou melhor , que mal informada eu era] se bem que nunca fui mãe nunca tinha passado por tal experiência , dai foi que  ginecologista me recomendou a assistir uma palestra após a minha consulta e o tema era ''ALEITAMENTO MATERNO'' pra fazer esclarecimentos de tudo que estava por vim, OK' dai por diante comecei a assistir as palestras, enfim .. Nossa foram muitas duvidas que existia em minha cabeça , por outro fui descobrindo o quanto era e iria ser maravilhoso nosso momento , elas explicaram os tipos de bicos o que podia o que não podia as formas de amamentar ... Dai o tempo passou - Dandara nasceu , nossa que ansiosa eu fiquei no 1º dia mais infelizmente não consigo dar a ela de mamar então ela passou o 1º dia sem mamar , [nossa ela chorou a noite toda tadinha e nada saia] Dai as enfermeiras veio fazer a primeira visita do dia ver como estava tudo e me ''ajudar'' pois estava muito ansiosa e nada saia -' foi daqui que comei a estimular meu seios , e minha gordinha era bastante gulosa começou a sair os primeiros pingos de leite nossa fui ficando muito agitada pois de fato doeu mais so porque não estava do jeito correto e as enfermeiras por sua vez super atenciosas comigo ,me ajudando enfim consegui nossa que sensação maravilhosa minha ver minha filha se fortalecendo com um alimento que saia de mim foi um mix de emoções , dai os meses se passaram quando Dandara estava preste a completar 8 meses passeis dois dias sem ter muito leite , foi dai que fui ao banco de leite do IMIP pra saber pra saber o que estava acontecendo mais , a médica por sua vez informou que só era preguiça da minha Neguinha sugar , como ela ja estava se alimentando de outras comidas pra ela já não era muito então mão fazia muita questão ... Mais ela ainda continuou a mamar , hoje com 1 ano e 8 meses ela ''deixou'' não por completo de vez em quando acho que bate saudades do PEPÊ DELA - Graças a Deus depois de todo tumulto , tive leite suficiente pra saciar a fome da minha Princesa* Mais garanto foi uma maravilhosa experiência* e super indico as mães de 1ª viagem não ter vaidade , curta cada momento aproveite eles não voltam' NÃO TEM PREÇO ME SINTIR MUITO MARAVILHADA COM ESSE SUPER PRESENTE QUE DEUS ME DEU*





BC COLETIVA VIA : MAE PARA SEMPRE*

Espero que tenho Gostado do Post de Hoje , um sheiro Grande e até mais*


quarta-feira, 31 de julho de 2013

O que Não se deve falar para as Crianças'

-
O poder das palavras e de alguns comportamento dos Pais servem muito de exemplo para os filhos , e nessa fase de '' REBELDIA da minha pequena'' estou procurando me policiar e também tentando mostrar aos nosso familiares que é uma fase mais QUE ALGUMAS PALAVRAS precisam ter moderação * e ainda mais agora que a impressão que da é que as crianças de hoje em dia ja nascem SUPER AUTO SUFICIENTE MADUROS * ^

Os pais são os exemplos dos filhos e suas atitudes podem ter um impacto positivo ou negativo na formação da personalidade e identidade social da criança. Por isso, de acordo com o pediatra Marcelo Reibscheid, do Hospital e Maternidade São Luiz, em São Paulo, existem algumas coisas que jamais devem ser ditas às crianças ou faladas na frente delas. Veja quais são:

1 – Não rotule seu filho de pestinha, chato, lerdo ou outro adjetivo agressivo, mesmo que de brincadeira. Isso fará com que ele se torne realmente isso.

2 – Não diga apenas sim. Os nãos e porquês fazem parte da relação de amizade que os pais querem construir com os filhos.

3 – Não pergunte à criança se ela quer fazer uma atividade obrigatória ou ir a um evento indispensável. Diga apenas que agora é a hora de fazer.

4 – Não mande a criança parar de chorar. Se for o caso, pergunte o motivo do choro ou apenas peça que mantenha a calma, ensinando assim a lidar com suas emoções.

5 – Não diga que a injeção não vai doer, porque você sabe que vai doer. A menos que seja gotinha, diga que será rápido ou apenas uma picadinha, mas não engane.

6 – Não diga palavrões. Seu filho vai repetir as palavras de baixo calão que ouvir.

7 – Não ria do erro da criança. Fazer piada com mau comportamento ou erros na troca de letras pode inibir o desenvolvimento saudável.

8 – Não diga mentiras. Todos os comportamentos dos pais são aprendidos pelos filhos e servem de espelho.

9 – Não diga que foi apenas um pesadelo e mande voltar para a cama. As crianças têm dificuldade de separar o mundo real do imaginário. Quando acontecer um sonho ruim, acalme seu filho e leve-o para a cama, fazendo companhia até dormir.

10 – Nunca diga que vai embora se não for obedecido. Ameaças e chantagens nunca são saudáveis. [TÃO EU :/ PAREI JÁ']

Por hoje é só amores , amanha tem mais '


terça-feira, 30 de julho de 2013

Xii - Ultima semana de Férias-' SIM E MÃE TIRA FÉRIAS?

-
Pois é a mamãe tirou apenas 20 dias de férias do trabalho , estava de fato precisando da uma arejada , tinha feito milhares de planos porém poucos deles não foram realizados com SUCESSO mais o mais simples fizeram toda a diferença , nossa as vezes via minha mãe falando que quando ela ficava de férias o trabalho era redobrado , achava um exagero de parte dela [Pois ainda não tinha minha pro´pria filha até que ...] fiquei em casa kkk , e não é que é verdade na minha primeira semana em casa nossa me vi louca sem $[Pois os gastos foi [exagerado] Dandara dodói e eu sem poder sair pra canto nenhum , mais não deixei de curti minha filhota pois parei um pouco pra pensar , eu estava fazendo questão de que mesmo ? OI?! e fui relaxando , juro que nada é perfeito mais não tem nada melhor do que você acordar com um lindo sorriso dizendo bom dia , um ser dizendo que te ama kkk nossa e foi assim e esta sendo assim acho que ela estava sentindo demais a minha falta pois trabalho o dia todo e só tenho mesmo tempo pra ela '' A NOITE '' ou final de semana - e notei isso nela pois esta super grudada , agarrada comigo isso também me deixa super aflita pois quando eu voltar a trabalhar , como ela vai ficar ?! tomo banho com ela ,almoço , ate durmo sei que não esta certo kk mais é baum' ^ tinha horas que me dava vontade de sair correndo pois é partos , casa , quarto , ela 100% atenção , e depois cuidar de mim , e até do Papai como todas sábados não moramos juntos mais estamos bem - como ele trabalho o dia todo só larga as 22:00 é o tempo que temos o os fins de semana nos revesamos , aos ''amigos'' - Que também me fez refletir nossa , estava louca pra sair curtir um sambinha dançar com '' as amigas'' em fim , por outro lado pensei , vale a pena ? EU sou muito chata , não gosto de assuntos vazios gosto de conversa com conteúdo , sem muitas mesmices então prefiro ficar na minha .
Eu Particularmente prefiro curti cada momento da minha pequena pois sei que são momentos que não voltam mais ,  e os que ficam são momentos apenas registrados em fotos , e não quero isso tem coisas que podem sim ser adiadas e não vejo tanta necessidade Gosto muito de sair pra dançar , jantar  , conversar , mais no momento é isso que eu quero , curti minha pimpolha cada dia mais EU ME AMARRO ♥ e fico P... quando algumas pessoas não respeitam ISSO com comentários meio que sem noção , mais as vezes tento ser educada [ e fazer a linha surda , pra não dar resposta a altura , afinal de contas pessoas que falam besteira não tem filho pra saber o quanto é bom curtir o momento~] VOLTANDO AO ASSUNTO FÉRIAS kkk' da segunda semana em diante foi legal fizemos alguns passeios , passamos dias foras foi super apreciei de camarote algumas descobertas dela, e coisas novas que ela inventou essa semana ainda estou aqui novamente fazendo um RESUMÃO com fotos e alguns fatos kkk espero que gostem hihii pois eu babo :S
 VAI UMA foto ai pra não passar em branco nossos momentos^^ aah' Mamãe de visual novo *


Bem assim gente , ainda estamos em MANUTENÇÃO *

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Chiliques, birras e acessos de raiva-'

-
Olá Gente , vim aqui falar um pouco desse TEMA que pra muitas mães é vergonhoso mais como nem tudo são flores e PERFEIÇÃO estava lendo um pouco sobre esse tema pois ja faz uns dias que observando a fundo o comportamento da minha linda Princesa - ela vem tendo uns pites que pra ser bem sincera me tiram de sério-' Não gosto de gritinhos e certos showzinhos não acho legal bater pois não resolve mais JURO TEM HORAS QUE É IMPOSSÍVEL CONTROLAR O STRESS - Tinha planejado uma sequencia de post bem legais incluindo algumas fotos e fatos das minha '' FERIAS'' Mais achei esse tema bem mais interessante vamos lá ;)


Chiliques e acessos de raiva são como chuva de verão -- repentina e, às vezes, violenta. Num minuto você e seu filho estão jantando tranquilamente, e no seguinte ele está chorando, esperneando e gritando porque o canudo do suco não é da cor que ele queria. Crianças entre 1 e 3 anos são especialmente propensas a ter esses "ataques". Não há por que achar que você está criando um pequeno tirano -- nessa idade, é pouco provável que seu filho esteja tentando ser manipulador. Provavelmente ele está tendo um "surto" por causa de uma frustração, que ele não consegue expressar bem com palavras, porque ainda é muito novinho. 

Faça de tudo para não perder a calma você também

Respire fundo. Claro que os ataques de birra dos pequenos não são uma coisa bonita de se ver. Além de chutar, gritar ou socar o chão, seu filho pode jogar coisas, bater ou prender a respiração até ficar roxo. Nessa hora, ele não escutará nenhuma "voz da razão". 
Uma tática que pode funcionar é ficar perto do seu filho durante o chilique. Sair da sala ou do quarto e deixá-lo sozinho -- por mais tentador que seja -- pode fazê-lo se sentir abandonado. A tempestade de emoções que tomou conta da criança pode ser assustadora para ela, e ela gostará de saber que há alguém por perto. Alguns especialistas recomendam carregar a criança no colo, se possível, e dizer-lhe que o abraço é gostoso. Mas outros dizem que é melhor ignorar o chilique até a criança se acalmar, em vez de "recompensar" o comportamento negativo. Você acabará descobrindo o que é melhor para seu filho por meio de tentativa e erro. 

Mas, por mais que o chilique dure, não ceda a demandas pouco razoáveis. Bem que dá vontade de fazer isso, para acabar logo com o escândalo, ainda mais quando se está em público. Tente não se preocupar com o que os outros pensam: todo pai e mãe já passaram por isso. Se você ceder, só vai ensinar ao seu filho que espernear é um bom jeito de conseguir o que quer. 
Além disso, seu filho já está assustado por estar fora de controle, e a última coisa que ele precisa é sentir que você também está sem controle. 

Se a birra aumentar a ponto de ele bater nas pessoas ou nos animais de estimação, jogar coisas ou gritar sem parar, leve-o até um lugar seguro, como o quarto. Explique por que ele está lá ("Você bateu na tia Maria") e deixe-o saber que você ficará com ele até ele parar. Em um lugar público, prepare-se para ir embora com seu filho até ele se acalmar. Se ele começar a espernear porque o espaguete veio com pedaços de tomate, por exemplo, leve-o para fora do restaurante até ele se acalmar. 
Quando a tempestade passar, converse com seu filho sobre o que aconteceu. Diga que você entendeu a frustração dele, e ajude-o a colocar os sentimentos em palavras, dizendo algo como: "Você estava muito bravo porque sua comida não era como você queria". Deixe-o perceber que, se ele usar palavras para se expressar, vai conseguir resultados melhores. Diga, por exemplo, com um sorriso: "Desculpe por não ter entendido. Agora que você não está mais gritando, consigo saber o que você quer". 

Evite situações que favoreçam os ataques de birra

Tente evitar situações que possam levar seu filho a ter um chilique. Por exemplo, se ele é do tipo que fica muito mal-humorado quando está com fome, carregue pequenos lanches. Se ele tem problemas na transição de uma atividade para outra, avise-o com antecedência. 
Alerte-o de que vocês estão prestes a jantar ("Nós vamos comer quando você e papai terminarem de ler essa história"), o que lhe dará chance de se preparar. 
Nessa fase, seu filho também está às voltas com a independência, então lhe dê a chance de fazer escolhas sempre que possível. Ninguém gosta de receber ordens a todo instante. 
Perguntar se ela quer cenoura ou milho, em vez de simplesmente mandá-la comer milho, dá à criança uma sensação de controle da situação. Fique de olho na frequência dos seus "nãos" para ela. Se isso virou rotina, você provavelmente está criando um estresse desnecessário para vocês dois. Tente relaxar um pouco. Pense bem antes de entrar num impasse. 
Será que realmente vai atrapalhar muito ficar mais cinco minutos no parquinho? E será que alguém realmente se importa se seu filho quiser usar meias de cores diferentes? 

Fique de olho em sinais de estresse

Embora ataques e chiliques diários sejam normais quando a criança tem entre 1 e 3 anos, você precisa ficar de olho em possíveis problemas. Pense se houve algum problema sério na família, uma fase de muita correria na vida de todos, se há tensão entre a mamãe e o papai. Tudo isso pode causar esse tipo de comportamento. 
Se seu filho tem mais de 2 anos e meio e continua tendo altos ataques de birra todos os dias, converse com o pediatra. Se a criança for mais nova, mas tiver de três a quatro ataques por dia e não cooperar em nenhuma das atividades diárias, como se vestir ou guardar os brinquedos, também pode ser o caso procurar outro tipo de ajuda. 
O pediatra pode verificar se há algum problema físico ou psicológico mais sério e sugerir maneiras de lidar com a situação. Também converse com ele se seu filho fica prendendo a respiração de propósito até ficar roxo (há algumas crianças que chegam a desmaiar), o que pode ser bem assustador. Há algumas indicações científicas de que esse comportamento pode estar ligado à deficiência de ferro. 

Fonte da Pesquisa*
- Estou tentando o máximo me controlar pra não bater , nem gritar porque ela ainda é muito pequena porém ela tem um TOM bastante autoritário e já consegue distinguir quem ela consegue converse com seu lindo chorinho e bico de manha , pode ser que seja uma fase mas até agora ela não fez ISSO EM LUGAR PUBLICO que pra mim já um grande alivio , odeio olhares tipo'' QUE MENINA MAL EDUCADA-' Enfim não acho legaL! Porém estamos moldando ela aos poucos'


Bem gente espero que gostem ,' Irei fazer o possível pra amanha postar fotos da ''ferias da mamãe♥ Linda porém levada*



segunda-feira, 15 de julho de 2013

15 de Julho- 1 ano de Batismo''

-
Olá , Gente cada dia tenho a certeza que o tempo passa muito rápido hoje já fazem 1 ano que minha pequena foi batizado , e tenho a plena certeza que fiz a escolha certa não vou mentir pois tiver duvidas em relação aos PADRINHOS mais não tem mais porque , pois estão sendo extremamente atenciosos e carinhos com Dandarinha , pois bem sem falar que ela os AMA *
E não posso negar que meu Compadre foi uma verdadeira revelação pra mim, com o cuidado carinho a atenção que tem com a Dinda dela kkk é pois é assim que ela a chama Dinda kkk ou padinho [ todo bobo] . Bem no dia do seu batismo o padre disse o seguinte que ao completar 1 ano os padrinhos tinha que se juntar e cantar um Parabéns com a vela de batismo assim foi feito eles combinaram entre si e fizeram foi bem legal o Papai infelizmente não compareceu pois não foi liberado no trampo mais a MAMÃE aqui representou bem hihii^^

IMPORTÂNCIA dos PADRINHOS '





Cada religião tem uma formalidade necessária para garantir que a madrinha e o padrinho irão mesmo dar continuidade e zelar pela educação e bem-estar das crianças. A madrinha e o padrinho precisam estar constantemente lado a lado com os pais para poderem assim participar de todos os momentos da criança.Na concepção de muitos, ser madrinha ou padrinho é apenas presentear a criança com bons brinquedos e só. Mas as madrinhas e os padrinhos têm funções que vão muito mais além disso, já que os padrinhos e madrinhas precisam ter valores morais e religiosos, bem como pensamentos semelhantes aos dos pais das crianças.Então, nada de madrinha ou padrinho ausente. Quanto mais presente na vida da criança os padrinhos forem, melhor para todos, já que a criança contará com duas pessoas a mais para se apoiar, e os pais da criança tem uma contribuição a mais na educação.
Por isso, muita atenção na escolha dos padrinhos já que eles serão parte fundamental e presente na vida da criança. E ao aceitar o convite para ser madrinha ou padrinho, tem que se ter em mente as responsabilidades que essa honra trás junto.
Qualquer coisa que aconteça aos pais da criança, os cuidados serão todos remetidos aos padrinhos, tanto a criação da criança quanto os cuidados com a educação, bem-estar e tudo mais o que os pais da criança se preocupariam.
Madrinha e Padrinho são pais que são escolhidos para cuidar da criança e por isso mesmo a confiança dos pais  é toda depositada neles. Então, muita atenção e carinho quando for aceitar ou não o convite para fazer parte dessa nova vida que chega ao mundo.
- Pequenos Detalhes':
O Primeiro pedaço do bolo foi para o Dindo [ kkkk ] Depois pra Dinda [ Ela nem conquista né?!] E o terceiro foi meu kkk ♥ Como sempre cheia de mil e umas presepadas , Caras Bocas e Fotos - Como ja tinha falado lá em cima a Dinda veio com uma torta que cá pra nos estava um delicia , pegamos o enfeite do bolo do ano passado da festinha do batizado e colocamos em cima pra dar um UP * não convidamos muita gente só pra eles e os tios próximos'' que só pode comparecer a Tia Hahay'Wilca'[Sempre pressente]Pois foi pra não passar me branco* E o mais engraçado o Parabéns foi cantado 4 vezes pois Dandara ama o clima de festa e de apagar a vela kkkk*










[Como me encanta]
O Compadre 
A Comadre

Dindos e Tia do Coração♥
Olha o deboche da Garota

Gravei o pequeno vídeo que achei PERFEITO pois no momento exato em que eles apagaram a vela FOI LINDO ^ video

Espero que tenha Gostado ,